Quero ser deletado!

Quero ser deletado

Em quantos sites diferentes você já fez compras? Seu cadastro está completo em todos eles?

Eu, assim como qualquer pessoa, também faço compras pela internet, porém no ano passado, com as notícias do vazamento de dados pessoais de clientes de grandes e-commerce, eu resolvi deletar minha conta nos poucos sites que eu costumava utilizar e para minha surpresa eu não identifiquei essa opção nos sites que eu era cliente.

Com isso, me motivei a realizar essa pesquisa e fiz um levantamento em 20 grandes e-commerce para analisar como eles trabalhavam com a possibilidade de um cliente ter sua conta deletada.

A premissa da pesquisa foi de se posicionar como um consumidor comum, com conhecimentos básicos em tecnologia e analisar se o site possuía a funcionalidade de deletar usuário ou em caso de impossibilidade, se algum contato por e-mail ou formulário disponível possibilitaria que a conta fosse deletada.

Os resultados obtidos após a análise dos 20 sites foram:

  • Apenas 1 tinha a funcionalidade de deletar o usuário disponível no próprio site, no resto foi necessário fazer contato via e-mail ou formulário;
  • Em 6 deles não foi possível realizar contato de forma fácil por e-mail ou formulário disponível no próprio site;
  • Em 4, desativaram o meu cadastro, mas não tive como confirmar se meus dados foram todos deletados;
  • Em 1 desativaram a minha conta, mas eu permaneço recebendo mailing
  • Em 1, enviaram um e-mail perguntando qual o motivo da minha desistência, pediram algumas confirmações cadastrais para que eles pudessem concluir o pedido e depois me mandaram um procedimento de reset de senha (vai entender né…)
  • Em 5, o atendimento a solicitação foi feita, porém nunca foi concluída, sendo que minha conta permanece ativa;
  • Houve um caso onde foi informado que a conta não podia ser deletada, apenas desativada:

 

  • E em outro caso a informação foi que não era possível deletar a minha conta (sim, o meu usuário permanece ativo ainda).

 

Durante a pesquisa, também pude observar que a preocupação com segurança existe em alguns aspectos, como por exemplo, 100% dos sites utilizam https e 85% deles possuem aqueles serviços de selo de segurança. 30% disponibilizam um Guia de Segurança para seus consumidores e 80% possui uma política de privacidade (não li nenhum, confesso). Porém, apenas 1 site permitia a ativação da função de duplo fator de autenticação e apenas 90% deles permitia a utilização de senhas fracas (o famoso 123456 ou 12345678).

Mas retomando o tema central, a dúvida que fica em mim como consumidor é se a partir do momento em que eu me cadastrar em qualquer portal desse perfil, tenho que ter certeza do que estou fazendo e nunca mais os meus dados poderão ser removidos? A partir do momento em que eu colocar minhas informações pessoais em um site, eu terei um vínculo vitalício com eles?

Será que a GDPR e mais especificamente no Brasil a PL 4060/12 vai garantir de fato que nossos dados serão removidos? Quem vai auditar isso? Qual será o selo de garantia e qualidade?

 

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

 

Por G.P. e Alex Vieira

bxsec

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*